23 de junho

Paula Santoro



Paula Santoro é uma das maiores intérpretes de sua geração. Nasceu em Belo Horizonte (MG) e há anos está radicada no Rio de Janeiro. Com diversos trabalhos em palco, estúdios de gravação e televisão, ela ganhou maior projeção a partir de 2002, quando foi uma das vencedoras do V Prêmio Visa de Música. Ganhou por duas vezes o Troféu Faísca como melhor cantora de Minas Gerais, foi indicada como Melhor Cantora no prêmio Rival Petrobrás de Música. Este ano, Paula está sendo indicada como Melhor Cantora no Prêmio Profissionais da Música e no Press Awards US (prêmio americano que contempla brasileiros que têm atuação os EUA), em quatro categorias: Melhor Cantora, Melhor álbum, Melhor artista brasileiro e Melhor show. Além dos cinco álbuns solo já lançados, sua discografia agrega dezenas de colaborações em discos de artistas como Guinga, Arthur Verocai, Mário Adnet, Nivaldo Ornelas, Bianca Gismonti, Eduardo Neves, entre outros. O álbum “Um olhar sobre Villa-Lobos” de Mário Adnet, foi indicado ao Grammy Latino. Já cantou ao lado de Chico Buarque, Milton Nascimento, Edu Lobo, Guinga, Toninho Horta, Lô Borges, Alcione, Flávio Venturini, Nelson Angelo, Tavinho Moura, Juarez Moreira, Monica Salmaso, Criolo, Arthur Verocai, entre outros. Seus mais recentes álbuns: “Paula Santoro” (Biscoito Fino), “Mar do meu Mundo” (Borandá) e “Metal na Madeira” (Ridgeway Records) foram distribuídos na Europa, Japão, USA, Argentina e por todo Brasil. Realizou inúmeras turnês pela Europa, USA e Ásia. É uma das poucas artistas brasileiras que já se apresentou no programa “Later with Jools Holland” da BBC de Londres, cantando no palco ao lado do de Amy Winehouse. Na televisão, dublou a atriz Maria Fernanda Cândido na minissérie “Aquarela do Brasil” (Rede Globo) e apresentou-se no programa Som Brasil em homenagem a Ivan Lins, da mesma emissora. Ao lado de Joyce Moreno, participou da série “No Compasso da História”.